This page has moved to a new address.

Só com guerras e muita gente é que ficámos “humanos”